Instagram

Instagram

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Cadastramento em vagas de estacionamento para idosos pode ser feito no prédio da prefeitura de Osório

Foto: Gabriela Pacheco
Desde janeiro de 2010, quando foram criadas as vagas de estacionamento para os carros de pessoas portadoras de necessidades especiais e dificuldades de locomoção e para os idosos, quase 100 pessoas já se cadastraram no Setor de Trânsito da Prefeitura de Osório. Ao todo, são oito vagas para idosos que foram criadas no centro do município e outras nove para portadores de necessidades especiais.

Para poder utilizar as vagas para idosos e portadores de necessidades especiais é necessário que os interessados se dirijam até a Prefeitura de Osório, na Secretaria Municipal de Obras, Saneamento e Trânsito para se cadastrarem e retirarem uma credencial, que pode ser usada em todo o território nacional e tem validade de um ano, podendo ser renovada após o vencimento. 

Os documentos necessários para fazer a credencial, que é feita na hora, são: documento do veículo, documento de identificação pessoal e comprovante de residência. Ao realizar o cadastro, é necessária a presença do usuário, mesmo que tenha um procurador.

Segundo o assessor de trânsito da Prefeitura de Osório, Alcimar Lorenzato, a iniciativa de ofertar vagas de estacionamento para idosos e portadores de necessidades especiais é uma inovação na cidade está sendo bem recebida. "Isso tudo é uma inovação, dentro do sistema viário do município, para facilitar o transporte desses motoristas. Já temos cadastrados 73 idosos e outras 12 credenciais para portadores de necessidades especiais", destacou Lorenzato.

O setor de trânsito orienta que, após o recebimento da credencial, esta deve ser colocada sobre o painel do carro para a sua identificação, não podendo ser emprestada para outras pessoas ou copiada. Se estas regras não forem cumpridas, o contemplado poderá perder o credenciamento.

Os locais com vagas de estacionamento para portadores de necessidades especiais são: Avenida Jorge Dariva, em frente à prefeitura e o Ministério Público; Rua Major João Marques com a Avenida Jorge Dariva, próximo a Facos; Avenida Marechal Floriano, em frente ao Banco Santander; Rua Machado de Assis com a rua Bento Gonçalves, próximo à catedral; Rua Santos Dumont, ao lado do Sicredi; Rua Garibaldi, em frente ao Posto de Saúde Dr. Flávio Silveira; Rua Mário Silveira com a Rua Santos Dumont, próximo a Praça das Carretas e na Rua Machado de Assis com a Rua Júlio de Castilhos, próximo a Caixa Econômica.

Mais informações na Secretaria Municipal de Obras, Saneamento e Trânsito, localizada no 2º andar, do prédio da Prefeitura de Osório (Avenida Jorge Dariva, 1251) ou pelo telefone (51) 3663-8233.

Inscrições de Advertência em Ônibus

Brasil: Fale ao motorista somente o indispensável.
Estados Unidos: Não fale com o motorista.
França: Senhoras e senhores, por favor não falem com o motorista.
Itália: Não fale com o motorista, senão com que mãos ele ele vai dirigir?
Vaticano: É pecado falar com o motorista.
Cuba: Cuidado com o que fala ao motorista.
Inglaterra: Fale com o motorista somente com hora marcada.

Mariana Laender Lustos - B. Horizonte - MG
Seleções Reader's Digest - Fevereiro/2007

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Eddie Ota: tira: loja feminina...

Eddie Ota: tira: loja feminina...: "Pois é, lojas femininas de shopping também tem coisas para homens... rs --------------------- Comente e siga o blog :)"

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Adolescente desaparece em Osório


Adolescente desaparece em Osório

O adolescente Lucas Henrique Machado Souza, de 14 anos, desapareceu nessa segunda-feira, em Osório.

Segundo queixa de sua mãe na Polícia Civil, o jovem está sumido, desde as 7h30min, da manhã de ontem (18), quando saiu de casa para participar de um curso.

O jovem estava vestindo uma calça cinza, um moletom azul com amarelo, um tênis de marca Nike, de cor preta e amarelo e uma bicicleta bordô.

Informações sobre o paradeiro do jovem podem ser enviadas para o telefone (51) 3663 3388.

Nada de comemoração! No Dia do Índio, comunidades indígenas querem ser ouvidas


Neste Dia do Índio, 19 de abril, as comunidades indígenas gostariam de comemorar suas conquistas, mas aproveitaram a data para reivindicar seus direitos. Representantes de povos indígenas de todo o País entregaram, nesta terça-feira, uma carta om reivindicações e críticas à política do governo federal ao ministro da Justiça, Tarso Genro, e ao presidente do Senado, José Sarney. O documento, que também deve ser entregue à presidente Dilma Roussef, tem como principais críticas a falta de voz dos índios em assuntos que os afetam – inclusive na construção das hidrelétricas Belo Monte e Jirau.
Na carta, as comunidades indígenas também criticam as políticas do governo Lula, mantidas pelo atual governo. "O Estado brasileiro, durante o mandato do governo Lula, não atendeu a contento as demandas e perspectivas do movimento indígena. Permitiu que as políticas voltadas aos nossos povos continuem precárias ou nulas, ameaçando a nossa continuidade física e cultural", diz trecho da carta.
O ex-governador do Piauí e descendente de índios Wellington Dias concorda com o manifesto e defende que os índios são capazes de decidir seus caminhos. A Fundação Nacional do Índio (Funai) rebate, dizendo que está buscando diálogo com os povos indígenas, mas reconhece que há problemas estruturais na instituição.
A criação de um Conselho Nacional de Política Indigenista também foi alvo de críticas na carta enviada às autoridades, acusado de estar disperso em diversos órgãos do governo. Além disso, os índios solicitam a criação de uma Política Nacional de Gestão Ambiental e Territorial de Terras Indígenas para assegurar a sustentabilidade e proteção de seus territórios diante de vários problemas em relação as regularização das terras.

por Jackie Salomao
Ler na íntegra

terça-feira, 19 de abril de 2011

Redes e tarrafas são recolhidas no Litoral Gaúcho

Policiais Militares do Batalhão Ambiental do Litoral Gaúcho realizaram várias operações de fiscalização de pesca ilegal em Mar e nas Lagoas de Cidreira, Pinhal, Palmares do Sul e Mostardas, nos últimos dias.

Nas barreiras realizadas nas estradas, quanto nas operações embarcadas no mar, rios e lagoas foram recolhidas no total 23 redes de pesca, nove tarrafas e dois espinhéis, que ficavam instaladas tanto nas lagoas, quanto nas praias em áreas de banho e de surf, oferecendo riscos aos banhistas e aos praticantes de esportes aquáticos.

Todo o material foi recolhido ao quartel do Batalhão Ambiental de Osório, para as devidas providências Legais.

O Major  Tedesco, Comandante do 1º Batalhão Ambiental, com sua área de ação em todo o Litoral Gaúcho, agradece o apoio da população, pois graças as denúncias direcionadas a Polícia Ambiental, se conseguiu localizar estes crimes ambientais.



Fonte: www.litoralmania.com.br

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Fortunas e merrecas no mundo do espetáculo



O mundo do espetáculo é um mundo diferente. Os valores que circulam por ali são surreais. Em Hollywood, um único ator, segundo levantamento da Revista Forbes, pode receber a montanha de 130 milhões de dólares em uma única película. Foi o que recebeu o ator americano Johnny Depp, o mais bem pago do cinema americano. Diante dele, Brad Pitt, 10º colocado na lista, é um pobre coitado, com meros 27 milhões de dólares.
Lógico que, se o ator principal ganha tudo isso, é porque o produto vai arrasar. O estúdio recuperará o valor logo em seguida, através de uma bilheteria estupenda nos cinemas. Lucrará, ainda, vendendo o filme para as tevês fechadas, lançará DVD, bonés, camisetas, bonecos, jogos e uma série de produtos que darão um lucro substancial.
A NBA, liga americana de basquetebol, também apresenta valores estratosféricos. O maior salário, segundo as listas publicadas na internet, é de Kobe Bryant, que recebe algo em torno de 24 milhões de dólares por temporada.
Os astros não ganham tudo. Ganham apenas uma parcela ínfima da fortuna que geram para a indústria. No futebol não é diferente. O hermano Lionel Messi, do Barcelona, com seus passes precisos e sua fome de bola, garantirá algo em torno de 73 milhões de dólares no ano. Ronaldinho, do Flamengo, não precisa caprichar muito em campo. Apesar do jeito de ex-atleta, ainda garante uma fortuna de 43 milhões de dólares por ano para a família Assis, segundo o estudo da revista France Football.
Se comparados aos valores de mercado até que o futebol brasileiro é modesto. O atleta que mais ganhou no ano passado, conforme a Revista Placar, foi Ronaldo Fenômeno, algo próximo a um milhão e 800 mil Reais por mês. Entre os treinadores, Felipão, do Palmeiras, vê pingar em sua conta R$ 700 mil por mês, chova ou faça sol, ganhando ou perdendo os jogos.
A torcida gremista ficou apavorada no final de semana quando uma matéria da Zero Hora revelou que o jovem Leandro, de 17 anos, ganha 800 pilas por mês, na condição de amador. Calma, a direção já providenciou um aumento substancial. No final deste mês seu salário passará para R$ 7 mil por mês. Uma ninharia. Um quase nada. Uma merrequinha, me disse alguém.
Para todos os seres comuns, que lutam diariamente pelo leite e pelo pão, que dão duro para arrancar o sustento de cada dia, que se derretem em suor nos dias quentes do veranico de abril, convenhamos é muita coisa. Porém, no mundo do espetáculo sempre haverá muitos outros com chances de ganhar em cima do talento dos jogadores. Clube, empresários, emissoras de televisão, marcas de artigos esportivos. 
Alguém não convencido desta disparidade, dirá: “o colunista está louco. Sete mil contos é um bom dinheiro, ainda mais para um guri”. É, caro leitor, um bom dinheiro aqui no mundo dos comuns. No mundo do espetáculo é bisonho, ridículo. Que vamos fazer? Não nascemos artistas! Nosso talento – e todos nós o temos – não rende tanto quanto o talento deles. Para cada Ganso, Neymar e Pato há milhares de meninos que lutam por uma chance em campos maltratados, em concentrações furrecas. Deixam suas famílias e partem em busca do sonho. Buscam o Eldorado, uma vaga no Olimpo. Um que outro atingirá a glória. A maioria terá que se contentar com muito pouco, quando muito com a várzea. Ironias que o mundo do espetáculo nos reserva.

Solano Reis

Solano Reis: As mães de Realengo

Solano Reis: As mães de Realengo: "(Arte sobre foto) Em Aquele Abraço, Gilberto Gil nos apresenta um Rio de Janeiro sorridente, lindo, leve e solto. Entre os alôs, Gil desti..."

ANS divulga súmula sobre remuneração de planos de saúde a médicos

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou hoje (13) no Diário Oficial da União súmula relacionada à remuneração das operadoras de planos de saúde aos médicos.

De acordo com a súmula, ficam proibidos os mecanismos utilizados por algumas operadoras para incentivar os médicos a pedir o mínimo possível de exames. Segundo a ANS, a medida foi tomada com base em denúncias de que os profissionais estariam sendo pagos pelas prestadoras de acordo com a quantidade de exames que solicitam aos pacientes. Os que seguem a orientação chegam a ser premiados.

Diz a súmula que "algumas operadoras de planos privados de assistência à saúde vêm adotando política de remuneração de seus prestadores de serviços de saúde baseada em uma parcela fixa, acrescida ou não de  parcela paga a título de bonificação".

"De acordo com essas políticas de remuneração, a bonificação somente é paga aos prestadores que limitarem a determinado parâmetro estatístico de produtividade o volume de solicitações de exames diagnósticos complementares".

Conforme a publicação, fica "vedado às operadoras de planos privados de assistência à saúde adotar e/ou utilizar mecanismos de regulação baseados meramente em parâmetros estatísticos de produtividade os quais impliquem inibição à solicitação de exames diagnósticos complementares pelos prestadores de serviços de saúde, sob pena de incorrer em infração ao Artigo 42 da Resolução Normativa - RN Nº 124, de 30 de março de 2006".

O artigo pune com sanção (advertência) ou multa de R$ 35 mil as operadoras ou prestadoras de serviços que restringirem, por qualquer meio, a liberdade do exercício de atividade profissional do prestador.

Fonte: www.litoralmania.com.br

terça-feira, 5 de abril de 2011

Morre Flávio Alcaraz Gomes

caderno7: Morre Flávio Alcaraz Gomes: "Flávio Alcaraz Gomes (*1927 - +2011) Morreu agora pela manhã, em Porto Alegre, aos 83 anos, o jornalista Flávio Alcaraz Gomes. Ele, que ti..."