Instagram

Instagram

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Concepa inicia colocação de camada de microasfalto em trechos da BR-290

A partir desta terça-feira, dia 08, equipes da Concepa colocarão camada de microasfalto em trechos da BR-290 que necessitam recuperação de pavimento. Os serviços ocorrem durante o dia, com bloqueios de até duas faixas por sentido de tráfego, sendo as mesmas liberadas à noite. As interrupções apenas permanecerão caso não haja cura do material.

A programação de aplicação será iniciada pela pista litoral-capital, nos seguintes pontos e faixas: entre os kms 19 e 23, 25 e 29, 40 e 44, 70 e 77. No sentido contrário, capital-litoral, ocorrem entre os kms 21 e 19, 51 e 49, 58 e 56, 74 e 72, 88 e 86.

Mais informações, é só ligar para o Alô Free Way: 0800 647 2000.


Litoral Mania

Logo Invertido do Internacional Musa do Brasileirão

Sábado à tarde no Caldeirão do Huck houve a apresentação das concorrentes do Musa do Brasileirão 2011. Muito bonito o desfile, mas houve uma falha no mínimo. O uniforme da moça que representa o SC Internacional está com o uniforme do avesso ou o distintivo do clube invertido. (Todas as outras musas estão com o distintivo no lado esquerdo do uniforme). Seria uma falha da produção ou ela colocou a roupa pelo avesso. Confira:

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Famílias do Litoral Norte participam do 1º encontro gaúcho de pessoas com Síndrome de Williams

Diversas famílias do Litoral Norte irão participar do 1º encontro gaúcho de pessoas com Síndrome de Williams. 

Dez famílias da região e outras de todo o estado, deverão trocar experiências sobre uma doença ainda pouca explorada pela grande mídia.

Maiores informações (11)  2305 2957 ou no web-site http://www.swbrasil.org.br.

Relatos

Leia relatos de familiares que possuem algum ente querido com a doença.








A Síndrome


A Síndrome de Williams (também conhecida como síndrome Williams-Beuren) foi descrita pela primeira vez em 1961 pelo cardiologista neozelandês John Williams. Este médico verificou que um grupo de pacientes da pediatria apresentava um grupo de sintomas semelhantes, tais como: problemas cardiovasculares, rostos com características semelhantes (aparência facial "élfica" bastante distinta), atraso mental, dificuldade na leitura, na escrita e na aritmética (apesar de apresentar facilidade com Línguas) e um gosto exacerbado por música, entre outros menos comuns. 

Esta síndrome partilha algumas características com o autismo, apesar das crianças que a apresentam possuírem uma facilidade de relacionamento interpessoal acima da média, ou seja, são excepcionalmente simpáticas (por exemplo, ouvindo o nome de uma pessoa apenas uma vez, passam a chamá-la pelo nome, mesmo que só a encontrem novamente meses depois).

À maior parte das crianças com a síndrome de Williams faltam cerca de 21 genes no cromossoma 7, incluindo o gen para a produção de elastina. A incapacidade de produzir esta proteína é provavelmente a raiz do problema cardiovascular desta síndrome e também pode ser responsável pelas diferenças no desenvolvimento do cérebro.

Ocorrência e detecção

Ocorre entre 1 em cada 20 000 a 1 em cada 50 000 nascidos vivos. O diagnóstico no recém-nascido é difícil a não ser quando se verificam elevados níveis de cálcio, já que as manifestações como a "face característica", o aspecto da íris, o estrabismo, os lábios grossos e o sulco naso-labial só se tornam mais evidentes em idades mais avançadas.

Características comuns

Baixo peso ao nascer, dificuldade na alimentação nos primeiros dias, hipotonia, problemas cardiovasculares, cólicas nos primeiros meses, atrasos no desenvolvimento, menor volume cerebral que o habitual, personalidade extremamente sociável, menor tamanho do que o esperado para a idade, baixo timbre de voz, traços faciais característicos.


Fonte: Litoral Mania